Reiniciar o contador

Os meses de Março/Abril continuam iguais a eles próprios, no que a capturas diz respeito. Meses complicados e de pouca atividade com um ou outro dia menos mau.

Este ano não tem sido excepção a anos anteriores… Acumular de jornadas em branco mas a pesca é mesmo isso. A insistência e persistência.

Digamos que na 10º foi de vez… 9 pescas em branco (6 em Março e 3 em Abril) e na 10º faço reset ao contador com a captura de 4 bailas que foram todas devolvidas. Acabei por não levar a máquina comigo não tendo registado qualquer foto/video desse dia.

Como temos de insistir, aproveitei uma sexta-feira que não trabalhava para ir matar o vicio.

Depois de 2h sem sentir qualquer sinal de vida eis que surge o primeiro ataque à amostra e vem para seco o primeiro robalo… Volto a insistir na mesma zona e passado 10 minutos novo ataque, este com mais pujança, e lá saiu o robalo maior da foto abaixo.

Já satisfeito, o saco composto com o almoço para sábado com uns amigos ainda deu tempo de brincar com mais uma mini baila que foi prontamente devolvida.

Em resumo não está a ser um mau ano.

  • Total de 26 jornadas de pesca (até 23/Abril)
  • 11 jornadas sem peixe
  • 36 peixes capturados
    • 12 robalos (1 libertado)
    • 22 bailas (7 libertadas)
    • 1 pregado
    • 1 agulha (1 libertado)

Material:

Cana: Shimano Technium S710MH
Carreto: Shimano Stradic CI4 4000FB
Multi: Tri-Poseidon PE0.8 (0,14mm)
Leader: Trilene 100% Fluorcarbon 0,43mm

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo