Últimas jornadas

Os últimos tempos não foram fáceis com chuvadas, ventanias, mar grande, lixo, etc…

Tem sido aproveitar as abertas e tentar apanhar algum peixe mais distraído. O peixe maior tem encostado pouco e vão-se vendo uns relatos esporádicos de capturas de jeito. Da minha parte, e este ano, os bons exemplares têm andado completamente fora do radar… E não por falta de insistência.

Como tinha referido na última entrada, passei parte do tempo em que não pude pescar, a fazer vinis de várias raças e credos para adaptar aos meus gostos pessoais de formatos, densidades e cores.

Tenho dedicado tempo a usá-los em exclusivo. Retirei tudo o resto das caixas e passei a andar apenas com o que fiz.

 

Seguem 4 peixes dos distraídos e que se deixaram enganar.

Baila

Robalos

 

 

Vamos ver o que me espera neste último mês do ano até fechar as contas.

Para já tenho 2 (dos 3) objetivos cumpridos. Falta-me apenas bater o meu atual recorde, desde 2015, e apanhar um robalo com 8,515kg (só que tenha mais 0.005kg… por 5g já se bate um recorde 🙂 )

Material:

Canas: HTO Lure Game e Major Craft TripleCross 862ml

Carretos: Daiwa Ballistic EX 3000H e Shimano Stradic CI4 4000FB

Multi: Shimano Kairiki 0,15mm

Leader: Berkley Trilene 100% Fluorcarbon 0,40mm e 0,43mm

3 comentários em “Últimas jornadas

    1. Viva,

      Para ser sincero não gosto do Kairiki. É o único multi que usei que quando estou a dar o nó vejo as fibras a abrir. Como me foi dado não me posso queixar de ter gasto dinheiro nele. Mas assim que comece a acusar o uso sai dos carretos e não volta para lá. Já lá tenho uma bobine do Spiderwire Smooth 8 em 0,14mm que já usei e é dos melhores multis que passaram pelos meus carretos.

Os comentários estão fechados.

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo